JPerf

Quando achamos que o nosso acesso à Internet está lento e queremos saber a velocidade real nesse momento, recorremos a sites tipo Speedtest, FCCN, etc. Nas redes internas, entre computadores, as vezes há conectividade mas algo parece estar mal… um cabo defeituoso pode estragar a performance e fazer-nos perder horas a despistar um problema. Um testador de cabos indica se um cabo está com conectividade mas não quer dizer que esteja a 100% quando houver dados a passar!

IPerf é então a ferramenta a usar. Para o efeito temos que utilizar 2 computadores, um como servidor e outro como cliente. No servidor terão que desligar temporariamente a Firewall ou então abrir uma porta para este efeito (por defeito porta 5001). O programa funciona apenas em linha de comandos mas é bastante simples. Um iperf –help mostra as opções todas mas para um teste simples, no servidor executamos iperf -s e no cliente executamos iperf -c ip_do_servidor. Passado uns segundos temos o resultado:iperf1Mas o títiulo deste texto é JPerf e não IPerf.

Para Windows há uma interface gráfica para esta ferramenta, escrita em Java. Descarreguem a versão mais recente aqui e executem o ficheiro jperf.bat. Não se esqueçam que tem que ter o Java instalado. Caso tenham a versão mais recente instalada e mesmo assim dê erro de java ao arrancar com o jperf, há um pequeno truque que é copiar o ficheiro javaw.exe do diretório de instalação do Java (C:/programas/Java/…/bin/javaw.exe) para a pasta onde estamos a executar o jperf.bat. Se tudo correr bem encontramos a seguinte janela:jperf1

Como poderão constatar, o programa está muito completo e as opções são muitas mas para um teste rápido e simples fazemos o seguinte:

– no PC servidor, clicamos em cima na opção Server e em seguida no Run JPerf!. Neste momento temos o servidor à escuta na porta 5001.

– No PC cliente, à frente do Client escrevemos o IP do nosso servidor. À esquerda, podem mudar o Output Format para Mbit/s e o tempo de teste (por defeito 10seg), caso o desejem. Clicam em Run JPerf! e aguardem o fim do teste.jperf2

Vão obter um gráfico com a taxa de transferência de dados. O gráfico deverá ser mais ou menos plano. Caso haja muita variação, pode indicar problemas com a cablagem. Em redes Wifi a variação será maior. Também se o teste for feito com routers/switch no meio e houverem outros equipamentos ligados, contem com variações na medição. Mas é uma excelente ferramenta de diagnóstico e alternativa a alguns equipamentos oficiais (e caros!) para medição de transferência de dados em redes informáticas.

 

 

Anúncios