Grub boot

grub

Linux em geral e Ubuntu em particular usam o Grub para definirem e arrancarem o S.O. em condições. Permite arrancar com vários kernel diferentes ou até com distribuições Linux diferentes. O Grub também aceita outros S.O. como por exemplo o Windows. Caso o Windows já esteja instalado no nosso disco ao instalarmos o Ubuntu, este  vai detectar e guardar um cantinho no Grub para podermos continuar a usar o nosso Windows. Por omissão o Grub assume o Linux pelo qual foi configurado mas a ordem pode ser alterada!

Vamos olhar para a imagem. O Grub vai escolher a primeira linha sempre que arrancamos o PC mas podemos alterar.
No nosso Ubuntu abrimos um terminal e editamos o ficheiro seguinte:

sudo nano /etc/default/grub

Alteramos a linha GRUB_DEFAULT=0 para GRUB_DEFAULT=saved

Guardamos o ficheiro com Ctrl+x e Enter, Enter

Actualizamos as alterações no Grub:

sudo update-grub

E agora sim, podemos definir qual a linha que queremos para padrão no arranque. Basta contar de cima para baixo e a primeira de cima é a linha 0. Na figura o Windows é a 5. Basta executar no terminal:

sudo grub-set-default 5

Reiniciem e experimentem. Era a linha ao lado? Não faz mal, basta executar apenas o último comando com o numero correcto.